Abóbora Engorda ou Emagrece? Pode Usar na Dieta? Como Preparar?

Se você é daqueles que acreditam que abóbora engorda, que ela só é bonita em cima da mesa de Halloween, que deve conter muitas e muitas calorias, saiba que está redondamente enganado. Ela é uma das que integram a lista de boas dietas devido ao seu baixo teor calórico.

Com cerca de 90% de água, a abóbora contém muitos minerais, entre eles o potássio, importante para as células nervosas e o ferro, responsável pelo transporte de oxigênio no corpo. Possui também alto teor de betacaroteno, substância que diminui as possibilidades de câncer e doenças cardíacas. Não podemos esquecer da vitamina A, matéria mais do que relevante para os olhos, membranas mucosas e a pele!

As fibras da abóbora, juntamente com a sua grande quantidade de água, auxiliam o organismo a excluir as gorduras e fornecer uma regularização do intestino. Você ainda se pergunta se a abóbora engorda??

Além de tudo o que foi dito acima, até as sementes dessa maravilha faz milagres! Elas são fontes de fosforo, zinco, magnésio, potássio e ferro! Da abóbora tudo se aproveita, incluindo a vitamina B3, responsável pela formação do colágeno, agente natural rejuvenescedor da pele.


Onde surgiu esse milagroso alimento?

As abóboras possuem cerca de 850 espécies e originaram da América Central e do Sul. As tribos indígenas já a cultivavam a aproximadamente oito mil anos e desde o século XVI que elas ganharam o mundo. Seu principal período de colheita está entre o outono e o final de inverno.

Normalmente a Cucurbita, da família cabaça, são bem grandes e contém muitas sementes. São plantas herbáceas anuais e conforme seu bom desenvolvimento podem atingir até uns 500 kg! Consistem sempre em cores e aromas diferentes e as principais são a gigante e de jardinagem.

abóbora engorda ou emagrece?

Abóbora engorda ou ajuda emagrecer?

Como dissemos acima, a abóbora é um alimento de poucas calorias (100 gramas possuem apenas 40 calorias) e ainda está apta a defender nosso organismo contra infecções. A niacina, sais minerais e a vitamina A, fortifica dentes e ossos. Sem contar que é indicado para todas as idades e é de fácil digestão, participando ativamente na recuperação de males do aparelho digestivo.

Por conter muitas fibras, ela produz uma maior sensação de saciedade. Uma dica é não a cozinhar demais, assim as fibras não se despedaçam durante o cozimento. Assim como qualquer alimento, a abóbora engorda somente se você comer demais. Vale lembrar que ela deve ser consumida sempre integrando uma alimentação variada, com outros nutrientes.

Portanto, ingerindo de modo equilibrado, a abóbora emagrece e ajuda perder peso de modo saudável.

Abóbora e seus grandes atrativos

Além de aproveitar as sementes, tanto assadas quanto torradas, ingeridas como aperitivo, ou até mesmo processadas tornando seu uso como farinha, a casca da abóbora também pode ser ingerida. Nela também está uma grande concentração de betacaroteno e fibras.

Doce de abóbora pode?

Humm… só de falar em doce você já fica com água na boca, né?! O doce de abóbora é uma ótima solução para quem não pode abusar. Por ser adocicada, não é preciso adicionar mais açúcar em sua produção. Claro, que isso só acontece no doce caseiro. Produtos industrializados certamente trarão uma quantidade dobrada de açúcares. Daí pode acreditar: abóbora engorda!

Ah! E saiba controlar à vontade! Uma colher de sopa já é suficiente para matar o desejo de doces pós refeições.

 

Receita de sopa de abóbora para emagrecer

Que atire a primeira pedra quem nunca foi obrigado, quando era criança, a comer diversos tipos de legumes! Depois a gente cresce e vê que fizemos dramas sem necessidade. Com algumas adaptações e caprichando nos temperos é muito fácil ingerir vários tipos de alimentos. Confira uma receita super gostosa logo abaixo:

Ingredientes:

  • 1/2 abóbora japonesa
  • Um pedacinho de gengibre (não exagere, o gengibre pode ficar muito forte, cerca de 5 cm é suficiente)
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 3 talos de capim-santo
  • 1 litro e meio de água
  • Azeite a gosto

uma sopa de abóbora

Modo de fazer: Coloque em uma panela 2 xícaras de água, a abóbora e leve ao fogo. Deixe cozinhar por uns 10 minutos em fogo médio – dessa forma você irá retirar facilmente a casca;

Enquanto o tempo passa, fatie o gengibre, sem tirar a casca. Só não esqueça de lava-lo! Pique a cebola em 4 partes e reserve;

Tire a abóbora pré-cozida para uma tábua e retire a casca. Corte-a em cubos e devolva a panela, com a mesma água que você a cozinhou;

Acrescente gengibre, o alho, a cebola, o capim-santo e o restante da água. Em fogo médio, assim que ferver tampe a panela e cozinhe por 40 minutos;

Tire os talos de capim-santo e despeje o conteúdo no liquidificador. Adicione sal e pimenta a gosto e bata. (Tenha cuidado nessa etapa. Como o líquido está quente o vapor pode abrir a tampa do aparelho)

Após batido, devolva o líquido na pele, prove o sabor e regue com um fio de azeite. Até dá para sentir o cheiro!

Para finalizar

Muita gente acha que a abóbora engorda devido ao seu tamanho e quantidade de fibras, mas acredite, acrescentando ela em seu cardápio irá perder peso de forma mais saudável! Por exemplo, uma xícara de abóbora possui apenas oito gramas de carboidratos. Isso mesmo… sem colesterol e nenhuma gordura.

Cem gramas de abóbora, cerca de 4 colheres de sopa, possuem: 40 calorias; 9,8 g de carboidratos 1,2 g de proteína; 0,3 g de gordura total e 2,4 g de fibra.

As abóboras são um excelente oxidante e melhoram o sistema imunológico, acrescentam mais vitamina C no organismo. Ah e homens! Não esqueçam das sementes que auxiliam na saúde da próstata, além de ter efeitos antiinflamatórios que ajudam a aliviar as dores causadas pela artrite.

As sementes podem ser armazenadas por até um mês, em um lugar fresco e seco. A abóbora em si, após cortada, pode permanecer por até uma semana na geladeira.

O legume também é rico em potássio, aumentando assim sua energia para praticar exercícios físicos. Muitos dizem que abóbora engorda, por causa da força proporcionada pelo carboidrato, mas não tenha dúvidas, comendo em quantidades adequadas, sem abusar, ela irá fortalecer as funções musculares, restaurando os eletrólitos (fontes de energia que ajudam a hidratar o organismo [sódio, potássio, cálcio etc.]).