Bartolinite – O que é? Tratamentos, Sintomas, Causas, Remédios caseiros

Uma das regiões do organismo feminino que é bem propensa a adquirir uma inflamação é a vagina, principalmente em suas glândulas na parte dos genitais. Entre essas infecções que podem ser apresentadas, uma que vale bastante a pena ser abordada e precavida pelas mulheres é a bartolinite.

Diante dessa possível inflamação vaginal, que causa alguns sintomas bem incômodos e irritantes, hoje, nesse artigo, estaremos abordando informações bem importantes e detalhadas sobre a bartolinite, incluindo suas principais causas, os sintomas que se apresentam e como é feito o tratamento mais efetivo.

O que é Bartolinite?

A Bartolinite, que também pode ser chamado de abscesso, é uma inflamação nas glândulas de Bartholin, que ficam localizadas na vagina. A infecção pode ser apresentada em somente uma, como nas duas glândulas.

O surgimento de um abscesso faz a contaminação, com bactérias, do líquido dentro das glândulas de Bartholin. O microrganismo que normalmente causa essa inflamação é o Escherichia coli.


Causas da Bartolinite

A infecção Bartolinite é causada quando uma, ou as duas, glândulas de Bartholin são inflamadas por alguma bactéria, fazendo a produção de líquido delas voltarem para dentro, e, quase sempre, formando pus.

Além das bactérias alcançarem as glândulas de Bartholin, fatores de um surgimento de um cisto ou doenças sexualmente transmissíveis, como gonorreia e clamídia, podem causar um abscesso.

Sintomas da BartoliniteBartolinite

Os principais sintomas que uma bartolinite podem causas são:

  • Surgimento e eliminação de pus pela região vaginal
  • Vermelhidão e muita dor vinda das glândulas de Bartholin, podendo, também, apresentar um inchaço
  • Surgimento de um nódulo perto da abertura da vagina
  • Sensação de ter um caroço na vagina, apresentando, também, um desconforto de fazer ações no dia a dia
  • Dor durante uma relação sexual
  • Febre

O que são as Glândulas de Bartolin

Existem duas glândulas de Bartholin que ficam localizadas bem próximas da entrada da vagina, mais especificamente na vulva, nos pequenos lábios. Sua principal função é a produção do líquido lubrificante vaginal, principalmente durante o ato sexual.

Cisto de Bartolin

Quando ocorre a obstrução da glândula de Bartholin, o líquido que ela produz acaba ficando preso em seu torno, surgindo o chamado cisto de bartolin.

Cistos pequenos costumam não apresentar grande problemas, sem causar dores ou outros sintomas. Porém, quando ele é um pouco maior, um pequeno caroço surge nos seus pequenos lábios, porém sem desconfortos. Quando os cistos são ainda maiores, que são os casos mais raros, um incômodo bem grande é apresentado, principalmente durante o ato sexual ou quando se faz ações simples do dia a dia.

Problemas da Glândula de Bartolinite

As principais complicações e problemas nas glândulas de Bartholin ocorrem quando uma, ou ambas, as saídas ficam bloqueadas por algum motivo, dificultando ou impedindo a produção e eliminação do líquido lubrificante.

Os principais problemas que podem ser apresentados são o cisto e abscesso (bartolinite), que já foram apresentados durante esse artigo. Também existe a possibilidade do surgimento de tumores nas glândulas, porém muito raramente.

Diagnóstico

Para ocorrer o diagnóstico, a paciente deve buscar um ginecologista.

Na consulta médica, o especialista irá fazer uma inspeção da vagina e alguns testes de detecção. Além disso, ele pode solicitar um exame de urina e fazer um esfregaço em lâmina.

Glândula de Bartolinite fotos

Bartolinite sintoma

Bartolinite marsupialização

Marsupialização

Tratamento

Os principais e mais efetivos tratamentos para bartolinite são:

  • Utilização de antibióticos: normalmente, esse método é utilizado em casos de doença sexual transmissível, com o parceiro(a) também precisando tomar o medicamento.
  • Banho de assento: é uma maneira bem efetiva para aliviar os principais sintomas. A mulher deve entrar uma banheira com água morna, repetindo isso durante alguns dias. Esse tratamento deve ser feito em conjunto de algum outro.
  • Drenagem cirúrgica: quando a inflamação já alcançou um nível bem avançado, será necessária uma drenagem do abscesso.
  • Marsupialização: é uma cirurgia que faz as saturação dos cistos, quando os mesmos estão apresentando sintomas bem incômodos.
  • Bartolinectomia: em última causa, quando o caso é irreversível, será necessário a remoção das glândulas de Bartholin.

Pergunta dos leitores

Tem algum Tratamento caseiro para Bartolinite?

Existem diversas opções de medicamentos caseiros para se tratar da Bartolinite, ou, ao menos, aliviar os principais sintomas. Além do banho de assento, que já foi abordado durante o texto, vinagre de maçã, readequação alimentar, incluindo alimentos como pepino, coentro, couve e semestre em sua dieta, e fazer a recomposição das vitaminas C e D no organismo são ótimos tratamentos caseiros.

Qual remédio ou antibiótico tomar para Bartolinite?

Vale ressaltar que, qualquer remédio ou antibiótico para o tratamento de Bartolinite deve ser indicada pelo médico, com a paciente nunca tomando por conta própria.

Normalmente, os especialistas recomendam o antibiótico cefalexina.

Bartolinite prejudica a gravidez?

Quando o tratamento ocorre de forma eficaz e rápida, bem dificilmente terá alterações ou prejuízos à gestação ou feto.