Basófilos – O Que São? Qual Sua Função? Tratamento, Valores Anormais!

O nosso corpo é como uma máquina na qual todos os sistemas devem estar funcionando adequadamente para que tudo corra bem. Um desses sistemas importantes é o sangue, que irriga o corpo inteiro e é feito de diversas células, tal como os basófilos que possuem uma importante função.

Então, para saber um pouco mais sobre essas células, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

O que são Basófilos?

Os basófilos nada mais são do que células que fazem parte do sistema imunológico e formam um subtipo de leucócitos.

As células brancas do sague são chamadas de leucócitos e são incolores no sangue que está circulando no nosso corpo, tendo como função a defesa do nosso organismo e também o combate substâncias estranhas e à invasores.


Esses leucócitos, são formados por diversas células diferentes, que são os neutrófilos, os eosinófilos, os linfócitos, os monócitos e, claro, os basófilos sendo que dada uma delas tem uma função específica dentro do sistema imune, tal como:

  • Atacar diretamente o invasor
  • Produzir anticorpos
  • Identificar os microrganismos

Já os basófilos, que são produzidos na medula óssea, são as células que se encontram em menor número na corrente sanguínea periférica, sendo menos de 1% do total dos leucócitos que circulam.

No entanto, mesmo em pouca quantidade, eles têm um importante papel nas reações alérgicas e anafiláticas, que são reações que apresentam um potencial fatal pelo colapso ou obstrução cardiovascular.

O aumento do número de basófilos se chama basofilia e a sua diminuição se denomina basopenia.

Basófilos função

Qual a função dos Basófilos

Os basófilos são células que atuam diretamente sobre as infecções, liberando heparina que tem propriedades anticoagulantes, ou histamina que tem um importante papel na resposta e inflamações alérgicas.

Além disso, os basófilos ainda têm relação com o IgE, um antigénico que mostra níveis mais elevados quando está na presença de processos imunológicos ou infecciosos.

Avaliação de Basófilos

Basicamente, a avaliação é feita através de um hemograma que é um exame de sangue que serve para avaliar aquelas células que o constituem, tais como:

  • Glóbulos vermelhos que são as hemácias
  • Glóbulos brancos que são os leucócitos e
  • Plaquetas

O leucograma, por sua vez, envolverá a avaliação dos critérios referentes à série branca, ou seja, os glóbulos brancos, e a sua principal função é realizar a contagem total e a diferencial dos leucócitos presentes no sangue a  fim de identificar alterações quantitativas e qualitativas desta célula.

Valores normais

Os valores considerados normais são chamados de valores de referência e nos adultos estão entre 0 e 200 basófilos contados por cada milímetro cúbico de sangue.

Vale lembrar que esses valores de referência podem variar de acordo com cada laboratório, mas a interpretação desses resultados não deve ser limitada somente aos valores de referência e sim enquadrados devidamente e interpretados pelo profissional da área médica.

Porque podem ficar alto

Basófilos o que são

A basofilia é a condição que se caracteriza pelo aumento dos granulócitos basófilos que estão no sangue. Essa condição pode ocorrer com diferentes condições e patologias, tais como:

  • Sinusite crônica
  • Reações alérgicas como rinite e asma
  • Anemia hemolítica crônica
  • Varíola
  • Varicela
  • Leucemia mieloide crônica
  • Doença de Hodgkin

O que pode indicar Basófilos baixos

A basopenia é a condição que se caracteriza pela diminuição dos basófilos que estão no sangue. Essa condição pode ocorrer em diferentes condições e patologias, tais como:

  • Urticária
  • Infecções agudas
  • Ovulação
  • Gravidez
  • Período de estresse
  • Patologias endócrinas, tais como hipertireoidismo e síndrome de cushing
  • Medicamentos que debilitam o sistema imune, tal como corticoides
  • Tratamentos com heparina e outros anticoagulantes

Pergunta dos leitores

Quais as causas da Basofilia?

Como já foi dito, existe uma série de condições que podem elevar os níveis de basófilos no sangue, incluindo problemas respiratórios, infecções e também transtornos sanguíneos.

Vale lembrar que a basofilia também pode acontecer de maneira independente. No entanto, normalmente ela é um indicativo de que existe uma condição subjacente.

As anemias, úlceras e também doenças da tireoide são alguns os poucos exemplos de problemas que aparecem com a basofilia.

Visto que liberam substâncias sustâncias chamadas histaminas, os basófilos também são associados com reações alérgicas e inflamatórias. Bem como afecções respiratórias, tal como a asma. Por isso essas condições são comumente responsáveis pela basofilia.

Além disso, como já foi dito anteriormente, algumas outras condições também podem causar a basofilia. Que é o aumento dos basófilos, tais como: sinusite crônica, reações alérgicas como rinite e asma, anemia hemolítica crônica, varíola, varicela, leucemia mieloide crônica, doença de Hodgkin.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre os basófilos. O que causa a sua elevação ou redução no sangue e quais os seus valores de referência.