Cianose – O Que é? Quais os Tipos? Causas, Sintomas, Tratamento!

A cianose é uma condição bastante perigosa e que deve ser avaliada rapidamente para que se possa evitar a ocorrência de um problema mais sério pois ela apresenta um potencial fatal.

Então, para saber um pouco mais sobre esse problema, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é Cianose?

A cianose nada mais é do que um sintoma ou sinal que se caracteriza pela coloração arroxeada da pele, unhas e mucosas e acontece por causa da falta de oxigenação dos tecidos.

Quando alguém se engasga, por exemplo, ocorre a cianose e os lábios azulados se chamam lábios cianóticos.


Tipos

Basicamente existem 3 diferentes tidos de cianose, que é a doença da pele azulada, são eles:

  • Cianose central: que acontece quando o sangue já chega sem oxigenação
  • Cianose periférica: que acontece quando há uma desoxigenação excessiva dos tecidos periféricos e pode ser tanto local quanto generalizada
  • Cianose mista: que é a associação dos mecanismos de cianose central e cianose periférica.

Cianose Causas

Causas da Cianose

Existem algumas possíveis causas para a cianose, tais como:

  • Distúrbios cardíacos: insuficiência cardíaca ou defeitos cardíacos congênitos (do nascimento) e também parada do coração.
  • Distúrbios pulmonares: embolia pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica, bronquiolite, asma, pneumonia grave e distúrbio pulmonar intersticial.
  • Outras causas: exposição à água ou ar frio, afogamento, engasgamento, overdose de drogas e baixa concentração de oxigênio no ar que se respira.

Um bom exemplo de baixa saturação de ar no oxigênio são os casos de pele azulada que surge quando a pessoa está em altitude acima. Isso porque acima de 5.400 metros de altura, por exemplo, o ar só oferece metade do oxigênio necessário para a respiração.

Dessa forma, quanto mais alto, menor será a saturação de hemoglobina e quanto mais perto do nível do mar, maior é a oferta de oxigênio. Isso explica o porquê de alpinistas precisarem de suplementos de oxigênio para conseguirem continuar fazendo esforços.

Vale lembrar que essa coloração azulada é sempre causada por causa da falta de oxigenação do sangue e, consequentemente, do acúmulo de gás carbônico. Então, quando esse problema é observado apenas em uma parte do corpo, é possível que esteja sendo causado pela ocorrência de um coágulo sanguíneo que impede o suprimento de sangue para o membro em questão.

Sintomas da Cianose

A cianose é um problema que se caracteriza basicamente por causar a coloração azulada no paciente, e podem variar de acordo com o tipo de cianose, lembrando que a cianose, normalmente é o sintoma de uma patologia subjacente e não a patologia em si.

  • Cianose central: nesse caso os principais sintomas são os lábios e língua de coloração azulada ou roxa, podendo significar problemas de pulmão o coração decorrente da dessaturação do sangue arterial.
  • Cianose periférica: é decorrente da circulação reduzida nos órgãos e membros periféricos, que ficam com a coloração azulada ou arroxeada e frios ao toque.

Diagnóstico

Normalmente o diagnóstico de cianose é dado através de um exame clínico. Pela observação das partes do corpo que apresentam coloração azulada. A partir disso o médico irá fazer o diagnóstico do problema adjacente nas etapas a seguir:

  • Histórico clínico: através do qual o médico irá perguntar sobre o surgimento da coloração azulada. Se apareceu de repente ou se iniciou de forma mais suave e se acentuou. Se as unhas, línguas e lábios também ficam azulados, perguntará ainda sobre a repentina exposição ao frio ou altitude elevada. E também sobre a possibilidade de manuseio de agrotóxicos ou medicamentos. Bem como problemas de respiração, febre, inchaço, dor no peito e etc.
  • Exame físico: que inclui ouvir a respiração e o coração, além da avaliação da temperatura corporal. Da pressão arterial e da força do pulso que se for baixa pode significar um choque circulatório.
  • Exame respiratório: demonstra como está a expansão do peito, tal como na asma e na bronquite. Visto que a percussão pulmonar emite um som diferente em caso de pneumonia ou derrame.
  • Exame cardiovascular: servem para avaliar se os sons cardíacos estão normais ou se pode haver algum problema de sopro ou outros defeitos.

Tratamento da Cianose

O tratamento irá depender de qual é a patologia que está causando a cianose. Ou seja, o seu tipo e origem.

Cianose sintomas

Pergunta dos leitores

Cães podem ter Cianose?

Sim, a cianose em cães se apresenta de duas formas, a periférica e a central. A central é resultado de que o fornecimento de sangue está dessaturado. E depende da velocidade em que o sangue circula.

Já a cianose periférica é causada pelo mesmo motivo. Mas se fica limitada a uma parte específica do corpo do animal. No entanto, nesse caso a causa mais comum para que isso aconteça é o aparecimento de um coágulo. Que impede o fluxo parcial ou completamente em um determinado membro, tal como acontece com pessoas.

Bebes recém-nascido podem ter Cianose?

Sim, assim como em adultos a cianose pode aparece em crianças. E também se caracteriza pela cor de pele azulada causada normalmente pela falta de oxigenação correta. E as causas são semelhantes à do problema em adultos.

Pronto, agora você já sabe o que é cianose, porque ela acontece, bem como seus tratamentos.