Dermatite de Contato – Tem Cura? Tratamento, Tipos de Dermatite

A dermatite de contato é um problema que acontece muito com crianças. Pode causar um grande incômodo e constrangimento, e merece muita atenção para que não evolua para um problema mais sério.

Então, para saber um pouco mais sobre essa patologia, continue lendo. Descubra tudo o que você precisa saber sobre ele. Vamos lá?!

O que é Dermatite de contato?

A dermatite de contato é uma infecção que ocorre na pele ocasionada pela fricção da mesma em alguma substância que provoca a reação. Ela também é chamada de eczema e se caracteriza por coceira e erupções cutâneas de cor vermelha.

Esse é um problema simples que não costuma ter risco de mor envolvido e também possui um tratamento simples.


Tipos de Dermatite

Existe diversos tipos de dermatite de contato, cuja diferença está na substância que age para causar o problema, veja:

  • Dermatite de contato alérgica: quando o paciente apresenta hipersensibilidade a uma substância ou produto. Dessa forma, o contato com a mesma desencadeia o processo alérgico.
  • Dermatite de contato irritativa: é o tipo mais comum e se caracteriza por uma lesão ocasionada por uma substância corrosiva ou ácida, não sendo um fenômeno individual. Ou seja, pode acontecer com qualquer pessoa pelo uso de produtos irritativos;
  • Dermatite por foto contato: um dos tipos mais incomuns, embora não seja rara, as reações de pele são causadas pela ação dos raios ultravioletas do sol.
  • Dermatite de contato ocupacional: esse é mais um tempo jurídico do que médico, cujo uso serve para determinar as dermatites que são adquiridas através de práticas no trabalho.

Sintomas da Dermatite de contatoDermatite de Contato costas

Normalmente, os sintomas decorrentes de uma dermatite de contato são especificamente dermatológicos, isso é, se limitam à ocorrência na área da pele que foi afetada. Esses sintomas podem aparecer até 48 depois do contato com o que causa o problema, sendo que nas dermatites irritativas pode levar até 6 dias para que apareçam

Veja os sinais e sintomas mais comuns da dermatite de contato:

  • Coceiras
  • Erupções cutâneas avermelhadas
  • Erupções bolhosas, com ou sem secreção
  • Inchaço
  • Pele muito ressecada em volta da área afetada
  • Sensação de queimação

No caso da dermatite irritativa, as manifestações iniciais podem ser um pouco diferentes sendo que os primeiros sinais tende a ser o surgimento de placas avermelhadas que cocam muito, podendo ter pele ressecada e com rachaduras.

Causas da Dermatite de contato

As diversas formas de dermatite de contato, como o próprio nome já diz, são causadas pelo contato da pele com alguma substância, produto ou componente cujo organismo da pessoa afetada apresenta sensibilidade.

Vale lembrar que essa reação pode ser um fenômeno isolado, ligado diretamente a uma resposta imunológica de um indivíduo, ou também coletiva, quando o produto em questão afeta qualquer tipo de pele.

Quando procurar ajuda médica

Assim do aparecimento do problema, o paciente já deve procurar o auxílio médico a fim de melhorar o problema, além de evitar a exposição ao fator causador do problema. Caso a causa não seja conhecida, é preciso experimentar até descobrir o que leva a pele a reagir.

Tratamento da Dermatite de contato

O tratamento mais tradicional para a dermatite de contato, seja qual for, é o uso de pomadas e cremes que contenham esteroides na sua fórmula, aplicando-os diretamente sobra a área afetada, sempre respeitando as orientações médicas.

Os médicos ainda podem recomendar o uso de medicação oral, tal como anti-histamínicos, para suspender as reações alérgicas, e corticosteroides, para combater a inflamação.

Em determinados casos, os médicos ainda podem optar pela prescrição de antibióticos, para combater as eventuais infecções por bactérias nas áreas afetadas pelo problema e isso é bom pois a dermatite diminui as defesas naturais da pele, tornando-a mais suscetível à infecções.

RemédiosDermatite de Contato mãos

Normalmente os tratamentos para dermatite de contato são feitos com pomadas e cremes com corticosteroides, embora algumas vezes possam ser administrados medicamentos orais, veja:

Cremes e pomadas

Normalmente são compostas por esteroides, que são hormônios que atual de forma específica em diferentes partes do corpo, inclusive a pele. Alguns produtos indicados são:

  • Dexadermil
  • Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina
  • Novacort;
  • Trok-N

Anti-histamínicos

Esses medicamentos inibem a produção de substâncias chamadas histaminas, que são liberadas assim que o corpo tem contato com um fator alérgico. Veja alguns medicamentos:

  • Hixizine
  • Polaramine
  • Celestamine

Corticosteroides

Também conhecidos como corticoides, essas substâncias hormonais atuam na regulação do metabolismo, na função sanguínea e outras, sendo importante no caso de uma dermatite de contato por possuir uma forte ação anti-inflamatória. Alguns medicamentos são:

  • Decadronal
  • Dexmine
  • Deflazacorte

Antibióticos

Utilizados para o combate de infecções por bactérias, eles são importante porque o organismo fica mais suscetível por causa das lesões, o que pode levar a um problema muito grave. Veja alguns medicamentos:

  • Ferid
  • Sulfato de Neomicina + Bacitracina
  • Nebacimed

Sempre consulte um médico para obter um diagnóstico preciso e a indicação correta de tratamento que deve ser feito. Nunca pratique a automedicação.

Prognóstico (convivendo)Dermatite de Contato bebê

O desenvolvimento do quadro tem ligação direta com o fator causador do problema, bem como da agilidade na resposta do sistema imunológico da pessoa.

Dessa forma, o prognóstico é relativo, visto que algumas dermatites mais leves podem até mesmo aparecer e desaparecer de um momento para o outro, de forma rápida enquanto outras podem evoluir para um quadro inflamatório persistente e mais intenso.

Caso o tratamento não ocorra no início, a tendência é que o problema evolua, levando a aparição de bolhas, tornando a pele ressecada e escamosa. Se isso for coçado com as unhas, a pele tende ainda a ficar dolorida e sensível ao toque, além de mais suscetível à infecções.

Por isso, se tratada precocemente, a dermatite não tende a ser um problema. Mas, caso evolua, pode se tornar algo sério e se transformar em problemas mais graves.

Possíveis complicações

Como já foi falado, existem algumas complicações que podem ocorrer caso a dermatite de contato demore para receber tratamento, tais como:

Infecções bacterianas

Que são graves e exigem que haja um tratamento imediato com uso de antibióticos, podendo levar à morte de acordo com a gravidade. Na maioria dos casos as bactérias causam essa infecção pelo contato da área afetada com s microrganismos, presentes principalmente nas unhas, e que normalmente são estreptococos ou estafilococos.

Celulite infecciosa

Bastante diferenciada da celulite comum, esse problema também é causado por uma infecção bacteriana e forma grandes placas vermelhas na pele que tendem a dor intensamente. São relativamente comum naqueles pacientes cujas lesões da dermatite de contato não foram tratadas e se tornaram portas de entrada para microrganismos oportunistas.

Neurodermatite

Embora o nome sugira, esse problema não afeta a área neurológica do paciente, mas é causada pelo excesso de coceira, também sendo chamada de líquen simples crônico.

Esse problema causa bolhas, feridas, irritação e muita coceira, bem como a descamação da pele, que fica muito sensível e ocorre, normalmente, quando a evolução de uma dermatite não recebe tratamento adequado.

PrevençãoDermatite de contato fotos

Existem algumas formas de prevenir a dermatite de contato. A primeira delas, claro, é evitar o contato da pele com substâncias que sejam alergênicas ou ácidas. Ou seja, evitar potenciais produtos que possam ser os causadores.

Caso isso não seja possível, faça uso de utensílios que ajudem a evitar esse contato, por exemplo, o uso de luvas caso o causador da dermatite seja o detergente de louças.

Outra ação que pode ser útil é a troca dos produtos que você já utiliza, e causam alergia, por outros produtos cujos componentes variem. Lembre-se que diversas marcas possuem versões hipoalergênicas, ou seja, que não causam alergias.

Pergunta dos leitores

Qual pomada usar para Dermatite de contato?

Normalmente as pomadas indicadas para o tratamento de dermatites de contato são aquelas que contem corticosteroides na sua formulação. Tais como: sulfato de neomicina, cetoconazol e outros.

Existe algum tratamento caseiro para Dermatite de contato?

Sim, existem alternativas para o tratamento da dermatite de contato. No entanto, é importante lembrar que devem ser utilizado como complemento à terapia com os medicamentos indicados pelo médico. Veja algumas opções:

  • Chá de tanchagem: bastante popular esse chá possui propriedades anti-histamínicas, ajudando a controlar alergias.
  • Chá verde: embora seja amargo, esse chá alia a queratina e a catequina, que são antioxidantes. Ele ajuda a proteger as células do seu organismo.
  • Bicarbonato de sódio: quando misturado com água esse produto sofre uma reação que potencializa o seu pode antisséptico. O ideal é fazer uma pasta e aplicar com água morna e aplicar diretamente sobre a dermatite.

Dermatite de contato pode ocorrer em bebê?

Sim! As dermatites de contato são problemas dermatológicos bastante comum em bebês que tende a aparecer nas famosas dobrinhas. Elas tendem a aparecer também na região pélvica em decorrência de um contato mais prolongado com urina e fezes, condição conhecida como dermatite de fralda.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a dermatite de contato, como ocorre, suas causas e o tratamento adequado.