Drenison serve para Cicatriz? Espinhas? Como Funciona?

Drenison é um medicamento à fase de fludroxicortida, produzido pelo laboratório Biolad. É uma medicação de uso tópica para doenças dermatológicas. É apresentado em forma de loção, creme ou adesivo.

Para que serve o Drenison

Drenison é um medicamento para tratar inflamações ou alergias da pele.

Como funciona o Drenison

O componente ativo de Drenison loção, creme ou oclusivo é a fludroxicortida. A substância trata-se de um corticosteróide com alta potência  anti-inflamatória. Também tem efeito vasoconstritor (reduz inchaços locais), e antipruriginosa (reduz a coceira).

O efeito anti-inflamatório do medicamento resulta na redução da formação, da liberação e das atividades de agentes inflamatórios. Com isso,  diminui-se o aparecimento de processos inflamatórios. Drenison ainda tem ação vasoconstritora – o que reduz o propagação de líquidos no local da inflamação, de inchaços e de possíveis desconfortos.


Como usar o Drenison

Drenison creme

Para usar Drenison creme deve ser passada uma pequena quantidade do produto na área afetada. A recomendação é que a aplicação de feita de 3 a 4 vezes ao dia, ou conforme prescrição médica. Em crianças, a quantidade aplicada do creme deve ser a menor possível . Isso porque o uso a longo prazo de medicações corticosteroides pode afetar no processo de crescimento e desenvolvimento de crianças.

Vale ressaltar que a área a ser tratada deve estar previamente limpa.

Drenison pomada

Após a limpeza do local do ferimento, passar um pequena quantidade de Drenison por 3 ou 4 vezes ao dia. A quantidade de aplicações diárias pode variar de acordo com a indicação médica. Assim como com a versão creme Drenison, a loção deve ser aplicada com cautela nas crianças, usando-se uma quantidade menor do medicamento, devido aos corticosteroides poderem  interferir no crescimento e desenvolvimento delas

Drenison adesivo

Veja os passos para usar o Drenison adesivo (oclusivo):

Drenison Adesivo

  • A pele deve estar limpa e seca antes da aplicação do adesivo.
  • Remover qualquer secreção, crostas ou escamas que possam estar sobre a área a ser tratada com o medicamento.
  • Separar um pedaço um pouco maior do adesivo para cobrir todo o local a ser tratado. A fita deve ser cortada e nunca rasgada, pois pode estragar o seu produto.
  • Destaque o papel branco da fita transparente. Atenção para não deixar a fita dobrar, colando-se sobre si mesma e desperdiçando o produto.
  • Aplique a fita sobre a região a ser tratada mantendo a pele esticada.
  • Pressione a fita sobre o local para a sua total aderência à pele.

Veja como substituir o adesivo:

  • Geralmente (a não ser que a indicação médica seja diferente), recomenda-se trocar o Drenison adesivo a cada 12 horas.
  • Para fazer a substituição, limpe a pele para remover possíveis secreções ou resquícios do produto aplicado anteriormente.
  • Seque a região a ser tratada.
  • Corte um pedaço ligeiramente maior que a área a ser tratada. Coloque o adesivo sobre a pele, pressionando para melhor aderência.

Algumas recomendações:

  • As fitas nunca devem ser reutilizadas. Depois de sua aplicação na pele, o pedaço do adesivo deve ser descartado,
  • Caso surjam irritações ou infecções durante o processo, retire o adesivo e informe ao seu médico.
  • Siga a prescrição do seu médico, respeitando os horários, as quantidades e a duração do tratamento com o Drenison.
  • Não interrompa o tratamento com o medicamento sem informar o seu médico.

Composição

  • Drenison loção: cada ml da loção de Drenison contém 0,5 mg de fludroxicortida.

Excipientes: ácido esteárico, propilenoglicol, dimeticona, miristato de isopropila, metilparabeno, propilparabeno, edetato dissódico, cera emulsificante, água purificada.

  • Drenison creme: cada g do creme de Drenison contém 0,125 mg de fludroxicortida. Excipientes: ácido cítrico, citrato de sódio, ácido esteárico, propilenoglicol, petrolato líquido, álcool cetílico, éster de macrogol 40, chemoderm, água purificada.
  • Drenison adesivo (oclusivo): cada cm da fita oclusiva de Drenison contém 4 mcg de fludroxicortida. Excipientes:componentes blenderm (copolímero sintético do éster acrilato e ácido acrílico, isento de agentes de origem vegetal).

Contraindicação

Drenison loção, creme ou oclusivo (adesivo) não deve ser usado se o paciente apresentar alergia a qualquer um dos componentes da fórmula. Outras contraindicações devem ser avaliadas pelo médico.

Efeitos colaterais do Drenison

Drenison (em todas as versões) costuma ser bem tolerado pelos pacientes. Porém, como acontece com qualquer medicação, podem ocorrer efeitos colaterais. Veja os principais deles:

  • Reação muito comum (aconteceu com 10% dos pacientes que usaram Drenison): irritação, prurido (coceira), dermatite de contato alérgica (inflamação que surge devido ao contato direto com agentes que causam alergia), secura da pele.
  • Reação comum (aconteceu entre 1% e 10% dos pacientes que usaram Drenison): foliculite (infecção que afeta os  folículos pilosos), queimadura, erupções acneiformes (surgimento de acnes e cravos), hipertricose (excesso de pelos), hipopigmentação da pele ou outras mudanças na pigmentação da pele, dermatite perioral (inflamação na pele que recobre o redor da boca).
  • Reação incomum (aconteceu entre 0,1% e 1% dos pacientes que usaram Drenison): infecção secundária, maceração da pele (pele com aspecto esbranquiçado e mole), estrias, atrofia da pele, furunculose, miliária (brotoejas), piodermatite (irritação pelo atrito da pele e pelo excesso de umidade), pústulas (bolhas com presença de pus), hiperestesia (aumento da sensibilidade), púrpura (manchas roxas), vesiculação (formação de pequenas bolhas), telangiectasia (dilatação de vasos sanguíneos), entorpecimento dos dedos, inchaço, Síndrome de Cushing (problema causado por altas quantidades de corticosteroides na corrente sanguínea), glaucoma secundário (aumento da pressão arterial dos olhos), úlcera gástrica, hipertensão, depleção proteica (excreção de proteínas), Síndrome hipocalêmica (redução dos níveis de potássio), diminuição dos níveis de potássio), perda de cabelo, feridas na pele, atrofia do tecido subcutâneo.

Superdosagem

A superdosagem tópica da aplicação de Drenison pode resultar na absorção de quantidades maiores que as suficientes para o tratamento da doença cutânea, causando efeitos sistêmicos. Essa absorção sistêmica de corticosteroides de uso tópicos pode causar mudanças significativas na produção de alguns hormônios e efeitos como: hiperglicemia (elevação do açúcar na circulação sanguínea),  Síndrome de Cushing e glicosúria (excreção de pela na urina).

Caso ocorram os efeitos colaterais em virtude da superdosagem do uso de Drenison, o paciente deve suspender o uso do produto e procurar atendimento médico. Medidas de suporte podem ser necessárias. Vale saber ainda que pode ser necessária uma retirada gradual do uso de Drenison e não abrupta.

Precauções

Drenison

O uso de Drenison implica em algumas precauções e advertências. Confira as principais:

  • Gerais: a absorção sistêmica (pela corrente sanguínea) de corticosteroides de uso tópico pode causar mudanças reversíveis na produção de diversos hormônios; além do surgimento de problemas como: hiperglicemia (elevação de açúcar na circulação sanguínea), Síndrome de Cushing (patologia causada por níveis altos de corticosteroides na corrente sanguínea) e glicosúria (excreção de açúcar na urina).
  • Crianças: correm o risco de receberam doses maiores de corticosteroides tópicos, tornando-se mais sensíveis. As crianças  podem mostrar uma maior sensibilidade do que os adultos para com as alterações hormonais e ao surgimento da Síndrome de Cushing – que é induzida pelo uso de corticosteroides tópicos. O uso de corticosteroides tópicos em crianças deve ser limitado a menor quantidade possível do medicamento para um prognóstico eficaz. Ainda, o tratamento prolongado com  corticosteroides de uso tópico pode vir a interferir no processo de crescimento e de desenvolvimento das crianças.
  • Geriatria: pessoas idosas podem ser acometidas, com o uso do Drenisin, de atrofia da pele (mudanças na formação do tecido da pele) com maior assiduidade, devido a idade avançada. Também podem surgir, ocasionalmente, feridas na pele (lacerações) e manchas roxas  (púrpura) – em decorrência do uso de corticosteroides tópicos.

Interação do Drenison com outros remédios

Não foram relatadas nenhuma interação de Drenison com outros remédios. Mas caso você suspeite de alguma reação de Drenison com outro medicamento, comunique a seu médico.

Drenison Preço

  • Drenison Creme 0,125 mg com 30 Gramas: preço médio de R$ 30,60.
  • Drenison Loção 0,5mg/ml com frasco gotejador, com 30 ml: preço médio de R$ 25,67.
  • .Drenison Adesivo (Oclusivo) com  7,5 x 200 cm. Preço médio de R$ 82,98.

Esses valores podem apresentar alterações de acordo com o estabelecimento que comercializa as medicações.

A compra de todas as versões de Drenison não requer a apresentação nem a retenção de receita médica. No entanto, não é recomendada a automedicação, pois pode trazer sérios riscos à sua saúde. Consulte um médico antes de começar um tratamento com o medicamento.

Drenison Genérico

Não existem, até o momento versões genéricas do Drenison, apenas medicamentos similares produzidos por outros laboratórios.

Pergunta dos leitores

Drenison serve para Queloide

Drenison creme serve para espinhas?

Sim, Drenison pode tratar os seus problemas de espinha. Porém, recomenda-se orientação médica, pois o princípio ativo deste medicamento pode ser muito forte para tratar espinhas, causando problemas na sua pele.

Drenison creme é indicado para cicatriz?

Sim, Drenison creme pode tratar cicatrizes, melhorando o seu aspecto e tamanho.

Drenison serve para Queloide?

Sim, Drenison também está indicado para tratar cicatrizes hipertróficas.