Eructação – O Que é? Quais as Causas? Tem Tratamento? Remédios!

Eructação é popularmente conhecida como arroto. Frequentemente, ela é acompanhada por sons, ocorrendo a expulsão de gases ou ar presentes no estômago por meio da boca. Pode ser considerada uma doença, quando acontece com frequência e de forma involuntária.

O que é Eructação

Como já mencionado o nome vulgar da eructação é arroto. Trata-se do ato de expelir gases ou ar do estômago pela boca. A Eructação, geralmente, acontece devido a distensão estomacal, em razão do acúmulo de gases ou ar pela má digestão dos alimentos.

A Eructação merece atenção quando ocorre de forma frequente e involuntária, acompanhada ou não por outros desconfortos gástricos.

Causas da Eructação

Diversas são as causas da Eructação, que acumula, gases ou ar na cavidade estomacal. Entre as principais causas da Eructação involuntária estão:


  • Ingerir comidas ou bebidas de maneira muito rápida
  • Ingerir quantidades excessivas de bebidas com gás, como refrigerantes e água gaseificada
  • Ansiedade
  • Bebês e crianças também pode engolir acidentalmente quantidades de ar, ocasionando a Eructação. Isso pode ocorrer quando bebês e crianças pequenas necessitam arrotar após a ingestão do leite materno, para expulsar o ar ingerido concomitantemente
  • Desconfortos abdominais
  • Aerofagia: deglutição involuntária de ar.
  • Falar e comer simultaneamente
  • Mascar muito chiclete – o que ocasiona a ingestão involuntária de ar
  • Consumir balas e caramelos duros
  • Beber líquidos por meio de canudos – o que causa a ingestão involuntária de ar
  • Fumar
  • Pessoas que usam próteses dentárias ou dentaduras de forma mal adaptada
  • Hiperventilação
  • Respirar pelo nariz
  • Ingestão de determinados alimentos, como repolho, bebidas com gás, comidas pesadas, comidas com alto teor de gorduras. alimentos ricos em açúcar ou fibras, feijão, brócolis, lentilha, cebola, ervilhas, banana, couve-flor, uvas passas, pão integral, entre outros.
  • Estar em tratamento com algumas medicações que levam a Eructação. Entre elas, estão medicamentos que contém  acarbose (empregado para o controle da diabetes tipo 2), sorbitol, laxantes com lactulose e alguns outros remédios, como: ibuprofeno, naproxeno e aspirina.
  • Gastrite e úlceras

mulher sofrendo com eructação

Outras Causas Importante da Eructação

  • Doenças que ocasionam refluxo gastresofágico (DRGE): distúrbio que causa acidez estomacal
  • Gastroparesia – também conhecida como retardo do esvaziamento gástrico, causando gases na cavidade estomacal
  • Intolerância à lactose: – que é a dificuldade de digerir  a substância, causando gases no estômago
  • Intolerância a Frutose – açúcar proveniente das frutas e que contém substâncias que costumam causar gases, como o sorbitol e os hidratos de carbono
  • Helicobacter pylori : problema causado por bactérias que ocasionam infecções no estômago e costumam causar o aumento da quantidade de Eructações.
  • Doença celíaca – intolerância ao glúten, que causa inchaços pela aumento de gases estomacais
  • Síndrome de Dumping – distúrbio que costuma se manifestar após cirurgias, atrapalhando a digestão de alimentos e retendo gases no estômago
  • insuficiência pancreática – o pâncreas não libera as enzimas necessárias para uma digestão adequada dos alimentos

Quando buscar ajuda médica

É importante buscar ajuda médica, de preferência de um médico gastroenterologia, quando as Eructações são constantes e involuntárias, além de virem acompanhadas por desconfortos gastrointestinais.

Provavelmente o médico fará alguns questionamentos para facilitar o diagnóstico, como:

  • As  Eructações ocorrem de forma espontânea e com frequência?
  • As Eructações acontecem apos a ingestão de determinados alimentos ou bebidas?
  • As Eructações ocorrem após situações de nervosismo ou ansiedade?

Caso a resposta for Não para essas perguntas, o médico poderá solicitar exames.

O médico investigará as causas das Eructações demasiadas, indicando o tratamento correto. Se o problema não for decorrente de doenças graves, o tratamento para as Eructações costuma ser simples e eficaz.

 

Tratamento de Eructação

A Eructação considerada normal pelos médicos não necessita de tratamentos específicos, Indica-se, nesse caso, evitar o consumo de certos alimentos, comidas pesadas e bebidas gaseificadas.

Porém, se a Eructações acontecem de forma excessiva ou vierem acompanhadas de distensão no estômago, o médico poderá indicar algumas posições que facilitam a expulsão do ar de de gases do estômago.

Ainda, em alguns casos, podem ser empregados remédios que controlem as Eructações excessivas.

Remédios para arrotos (Eructação)

Alguns remédios reduzem e incidência da Eructação, trazendo mais conforto ao paciente. Entre os medicamentos que controlam o problema estão:

um remédio para dor de dente chamado dipirona

  • Dimeticona
  • Simeticona
  • Digeplus
  • Motilium
  • Domperidona, entre outos

Vale ressaltar que deve-se seguir à risca as recomendações do médico para solucionar o problema das Eructações excessivas e involuntárias, Também nunca se medique sem orientação médica, pois você não conhece a causa dos arrotos excessivos – que podem exigir tratamentos específicos.

Siga corretamente os horários e as quantidades que devem ser ingeridas do medicamento receitado.

Possíveis complicações

A Eructação considerada normal, proveniente da ingestão de alimentos e bebidas que favorecem o arroto, não ocasionam complicações.

Porém, em alguns casos, os arrotos excessivos e involuntários podem ser sintomas de alguma doença, que necessitam de tratamento específico. Portanto, não ignore o problema, se você tem Eructação constante e involuntária não deixe de procurar um médico gastroenterologista.

Prevenção

A Eructação considerada normal pode ser perfeitamente controlada. É fundamental evitar o consumo excessivo de alguns alimentos e bebidas, além de adotar alguns hábitos, Veja, a seguir, como evitar as Eructações constantes:

um homem arrotando

  • Evitar mascar chicletes
  • Evitar o consumo de balas e de caramelos duros
  • Sentar-se corretamente à mesa e comer devagar
  • Evitar o consumo excessivo de alimentos que causam gases
  • Evitar o consumo excessivo de bebidas com gás, como álcool e itens gaseificados
  • Evitar situações que causem ansiedade ou estresse excessivo, pois elas favorecem a hiperventilação
  • Aposte em suplementos probióticos  – eles ajudam na digestão

Advertências

Caso você já tenha tomados medidas para controlar as Eructações excessivas e involuntárias citadas no item anterior e o problema não foi resolvido, é necessário procurar um médico. Como já mencionado, os arrotos excessivos podem ser sintomas de outras doenças.

Pergunta dos leitores

O que significa Eructação?

Eructação é o processo de expelir gases ou ar contidos no estômago através da boca (arrotos)

Arrotos constantes (Eructação) pode ser ansiedade?

Sim, um dos motivos para Eructação constante é a ansiedade – que ocasiona a hiperventilação.

Arrotos contantes e dor no estomago pode ser Eructação?

Sim, nesse caso, é recomendado procurar um médico, de preferência gastroenterologista. Ele investigará as causas dos arrotos constante acompanhado de dores de estômago e indicará o tratamento adequado para o problema.