Oxiúros – Como Combater? Quais os Sintomas? Quais as Causas?

O oxiúros é um verme cujo nome científico é nematódeo Enterobius vermicularis. Os seus ovos podem infectar o ser humano, causando a oxiuríase ou enterobíase.

O que é Oxiúros

Como mencionado, o oxiúro trata-se de um verme. Sua coloração é esbranquiçada e tem uma forma cilíndrica. O verme pode medir entre 2,5 mm a 12 mm.

Esse verme causa no ser humano a doença conhecida como oxiuríase ou enterobíase. É uma doença que afeta mais as crianças.

Sintomas do Oxiúros

O oxiúros se instalam na região do ânus e da vagina da mulher. Entre os sintomas que a verminose causa, podemos citar:


  • Coceira persistente na região anal ou vaginal
  • Problema de sono, como insônia ou sono agitado
  • Agitação e irritabilidade
  • Dores abdominais
  • Náuseas e vômitos

Alguns portadores da doença, porém, não apresentam sintomas – tonando o tratamento tardio.

Como se pega Oxiúros

verme do Oxiúros

O oxiúros é transmitido por via fecal-oral. Ou seja, os ovos do verme se transferem do ânus para a boca do portador. Isso pode acontecer diretamente com o uso das mãos, ou então, indiretamente, por meio de roupas que estejam contaminadas, peças de cama, alimentos e outros objetos que são levados à boca. Assim que os ovos são ingeridos, eles se encaminham para o intestino,

Transmissão

Como citado, a transmissão do oxiúro acontece por via fecal-oral e é mais frequente em crianças. A transmissão do oxiúro pode acontecer quando ovos do verme se encontram em roupas, objetos, alimentos e água contaminados pela verminose.

Quando a pessoa que ingeriu os ovos, ela coça persistentemente o ânus ou a região vaginal, esses ovos se depositam nas unhas e nos dedos e ao tocar em algum objeto, o contamina. Os ovos deste verme conseguem permanecer vivos por até 30 dias. Com isso, os ovos podem contaminar  outras pessoas.

Diagnostico

O diagnóstico da doença é relativamente fácil de ser feito. Atualmente os profissionais utilizam-se de 3 técnicas para detectar a presença da verminose no paciente. Em alguns procedimentos o médico pode pedir o auxílio dos responsáveis para ajudar no diagnóstico da oxiurose.

  • Uma das formar é fixar uma fita adesiva transparente na região do ânus do paciente pela manhã, logo ele despertar. Depois de algumas horas, retira-se a fita e coleta-se o material que se fixou nela. É possível encontrar os ovos do oxiúro na fita, se a pessoa realmente estiver infectada.

Os ovos, entretanto, só podem ser vistos por microscópio em laboratório. O procedimento deve ser repetido por ao menos 3 vezes, para se ter certeza do diagnóstico.

  • Outro método é observar se há presença de vermes na região do ânus e da vagina. A observação deve ser feita cerca de 2 a 3 horas antes da pessoa dormir. Em alguns casos os vermes podem ser vistos, em outros não – isso não descarta a possibilidade da doença.
  • Mais uma forma é observar se existe coceira anal ou vaginal persistente, que é um dos principais sintomas do problema. Porém, é importante lembrar que alguns portadores do oxiúro não tem sintomas, assim, não apresentar coceira não significa que a pessoa não esteja contaminada pelo verme.

Tratamento do Oxiúros

A contaminação pelo oxiúro, geralmente, é feita com a administração de medicamentos específicos para o problema, como o mebendazol, o pamoato de picarintel e o albendazol. O profissional médico, normalmente, indica que essas medicações sejam ministradas em duas doses. Uma das doses costuma ser ingerida no começo do tratamento e a duas semanas depois.

Vale saber que nem sempre a primeira dose do remédio é capaz de matar todos os ovos existentes do oxiúro. Por isso, uma segunda dose é indicada para ser administrada cerca de duas semanas para a primeira. Assim, há certeza da morte dos ovos e evita-se ainda a reinfecção da doença.

A reincidência da dose é essencial, já que a oxiurose se trata de uma Infecção reincidente e deve realmente ser tratada com com remédios semanas antes depois da administração da primeira dose. Como já citado, a doença é mais comum em crianças, assim, há muitas chances que os pequenos sejam reinfectados pelo ovos do oxiúro.

As medicações mais usadas para o tratamento do oxiúros são:

  • Albentel
  • Annita
  •  Helmiben
  • Mebendazol (comprimidos)
  • Mebendazol (gotas)

É importante lembrar que apenas um médico pode orientar o diagnóstico da doença e os medicamentos só podem ser administrados conforme prescrição médica. Isso se torna ainda mais importante pelo fato da grande maioria dos portadores serem crianças.

O médico também é o único capaz de definir a duração do tratamento, pois existe diversos níveis de infecção para o oxiúro. Praticar automedicação pode não resolver o problema, piorá-lo e ainda há riscos de trazer outros males à saúde, Não tente tratar a verminose sozinho.

Remédios

Os remédios mais usados para combater a infecção pelos ovos do oxiúro são:

  • Albentel
  • Annita
  • Helmiben
  • Mebendazol (comprimidos)
  • Mebendazol (gotas)

homem sofrendo do Oxiuros

Tratamento caseiro

Embora o tratamento para a doença deva ser feito com a supervisão de um médico, nada impede que você ajude na cura do problema com receitas caseiras. Podem ser oferecidos aos portadores da oxiurose infusão de ervas que ajudam a aliviar os sintomas e até mesmo podem potencializar o efeito dos medicamentos.Boas opções são:

  • Suco de aloe vera
  • Chá de folhas de hortelã
  • Vinho misturado com cebola e mel
  • Pasta de mastruz com mel

Prevenção

A melhor maneira de prevenir o oxiúro é manter uma rotina de higiene adequada. Isso vale para todas as pessoas da casa, mas, principalmente, para as crianças. Veja algumas maneiras de prevenir as infecções e as reinfecções pelos ovos do oxiúro:

  • Lavar sempre as mãos com água e sabão após utilizar o banheiro e antes de preparar ou comer alimentos
  • Trocar com frequência as roupas de cama e de banho
  • Manter as unhas sempre limpas e bem cortadas
  • Retirar o hábito das crianças roerem as unhas
  • Quando a pessoa já está infectada, deve ser dada atenção especial à limpeza da região anal e vaginal, para ajudar a remoção dos ovos instalados
  • Pessoas já infectadas pelos ovos do oxiúro devem ter suas peças de banho e de cama trocada todos os dias. As roupas de cama e de banho da pessoa com a doença devem ser bem lavadas em água morma, para matar possível ovos depositados nos tecidos
  • Deixar a luz solar bater nas roupas de cama e de banho – os ovos de oxiúro são sensíveis ao sol e isso ajuda a exterminá-los.

Oxiúros Fotos