Queropax Bula – Para Que Serve? Serve Para Dormir? Princípio Ativo, Efeitos Colaterais!


A esquizofrenia é uma doença mental crônica que se manifesta na adolescência e pode surgir até o início da vida adulta. Muitas pessoas já ouviram falar, porém essa doença é mais comum do que parece. Somente no Brasil a estimativa é que existem mais de 1,6 milhão de esquizofrênicos. Antes de falarmos sobre o Queropax, vamos comentar um pouco sobre as suas indicações. A esquizofrenia, o transtorno bipolar e a depressão.

Os sintomas da esquizofrenia afeta diversas áreas do funcionamento psíquico, onde o esquizofrênico pode sofrer de alucinações, delírios, alterações de pensamento e de afetividade, falta de concentração, desconfiança excessiva, indiferença, entre outros sintomas.

Como toda a doença, a esquizofrenia também precisa de tratamento. Mas qual é a causa da esquizofrenia? Segundo estudos não existem ao certo relatos que comprovem as causas da esquizofrenia, podendo ser de traumas, hereditário ou de acordo com o ambiente de onde o indivíduo está inserido.

O transtorno bipolar é outra doença, bastante conhecida, mas que as pessoas quase não conhecem os seus sintomas. Nada mais é do que um transtorno mental que proporciona variações de humor e energia no indivíduo.


Os sintomas da doença podem causar  mudanças em sua rotina, onde dificilmente os seus sintomas conseguem ser percebidos de forma rápida. Há pacientes que desenvolvem a doença na infância, mas a mesma só se manifesta na vida adulta.

Por isso é muito comum que pacientes acima de 25 anos comecem o tratamento de transtorno bipolar. O fator complicado da doença são as mudanças de humor que pode levar a depressão.  Às vezes os sintomas são tão graves que a pessoa não consegue funcionar normalmente no trabalho, nos estudos ou em casa.

Queropax para esquizofrenia

Outra doença que chama bastante atenção é a depressão, afinal as pessoas costumam confundir os sintomas da doença associando a uma fase passageira ou até mesmo infantilidade, e justamente o fato da sociedade julgar e do próprio paciente não acreditar no que está vivendo que a doença pode avançar para graus mais elevados.

A depressão é  um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. Os seus principais sintomas é a existência constante de tristeza, o paciente possui baixa autoestima, vive intensamente o pessimismo, nada para ele está bom é como se vivesse em uma bolha solitária.

Todo paciente que sofre desse mal precisa procurar orientação médica até mesmo para que possa ser realizado um diagnóstico e indicado o tratamento adequado, pois a depressão está atrelada a uma série de doenças, sendo chamada de síndrome.

Há uma série de evidências que mostram alterações químicas no cérebro do indivíduo deprimido, onde o mesmo perde o interesse em atividades e com isso acaba prejudicando o seu dia a dia.

O Queropax é um medicamento que auxilia no tratamento tanto da depressão, quanto da esquizofrenia e também do transtorno bipolar, que são doenças complexas que requerem bastante cuidado.

Para que serve o Queropax

Queropax é um medicamento que serve para o tratamento da esquizofrenia em adultos e adolescentes de 13 a 17 anos, como monoterapia.

O medicamento presta auxílio no tratamento dos episódios de mania associados ao transtorno afetivo bipolar em adultos e crianças e adolescentes de 13 a 17 anos, assim como episódios maníaco, misto ou depressivo.

O Queropax também ajuda no tratamento da depressão.  Não se automedique, o uso do medicamento deve ser recomendado pelo seu médico.

Como funciona o Queropax ( principio ativo )

O principio ativo do Queropax é o Hemifumarato de Quetiapina. O medicamento pertence a um grupo chamado antipsicóticos, que possibilitam a melhora de sintomas de transtornos mentais.

A ação do medicamento é antidepressiva e em apenas 1 semana de utilização o paciente já apresenta graus de melhora tanto na esquizofrenia, quanto no transtorno afetivo bipolar e depressão.

Composição do Queropax

O Queropax possui comprimidos revestidos de 25 mg, 100 mg, 200 mg e 300 mg em embalagens com 10,14,28,30 e 60 comprimidos.

O uso do medicamento é por via oral, para uso adulto e pediátrico.

 

Os excipientes do medicamento são: fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, lactose monoidratada, dióxido de titânio, povidona,amidoglicolato de sódio, hipromelose, óxido de ferro vermelho, estearato de magnésio, água purificada, celulose microcristalina, óxido de ferro amarelo e macrogol.

Como usar o Queropax

Para o tratamento da Esquizofrenia

Adolescentes (13 a 17 anos de idade): A dose recomendada para os 5 primeiros dias do tratamento é de 50 mg no primeiro dia, 100 mg, no segundo dia, 200 mg no terceiro dia, 300 mg no quarto dia e 400 mg no quinto dia. Após o período inicial a dose deverá ser ajustada entre 400 mg a 800 mg ao dia de acordo com a resposta clínica do tratamento.

*Não há estudos da eficácia do tratamento em adolescentes e crianças com idade inferior a 13 anos.

Adultos: A dose recomendada para os 4 primeiros dia do tratamento é de 50 mg no primeiro dia, 100 mg, no segundo dia, 200 mg no terceiro dia e 300 mg no quarto dia. Após o quarto dia, a dose deverá ser ajustada em 300 a 450 mg ao dia de acordo com a resposta clínica do paciente.

Para o tratamento de transtorno afetivo bipolar

Adolescentes (13 a 17 anos de idade): A dose recomendada para os 5 primeiros dias do tratamento é de 50 mg no primeiro dia. 100 mg, no segundo dia, 200 mg no terceiro dia, 300 mg no quarto dia e 400 mg no quinto dia. Após o período inicial a dose deverá ser ajustada entre 400 mg a 600 mg ao dia. De acordo com a resposta clínica do paciente.

Adultos: A dose recomendada para os 4 primeiros dia do tratamento é de 100 mg no primeiro dia, 200 mg, no segundo dia, 300 mg no terceiro dia e 400 mg no quarto dia. Após o quarto dia, a dose deverá ser ajustada em até 800 mg ao dia. No sexto dia a dosagem não deverá ser superior a 200 mg ao dia.

A dose poderá ser ajustada de acordo com a resposta clínica e da tolerabilidade individual de cada paciente.

transtorno bipolar Queropax

Para o tratamento de depressão

Para episódios de depressão em adultos a dose inicial recomendada é de 50 mg no primeiro dia. 100 mg no segundo dia, 200 mg no terceiro dia e 300 mg no quarto dia. Do quarto dia em diante o medicamento pode ser titulado entre 400 mg a 600 mg no dia. De acordo com a  resposta clínica do paciente.

A eficácia do medicamento foi demonstrada com hemifumarato de quetiapina com 300 mg e 600 mg, entretanto, benefícios adicionais não foram observados no grupo 600 mg durante tratamento de curto prazo.

Contraindicação do Queropax

O Queropax é contraindicado em pacientes que tenham alergia ao Hemifumarato de Quetiapina e a qualquer um dos componentes do produto.

Caso o paciente apresente reações adversas após o uso do medicamento, deverá interromper o tratamento.

Efeitos colaterais do Queropax

Os efeitos colaterais do medicamento ocorre em 10% dos pacientes que utilizam o mesmo.

Reações comuns:

  • Boca ressecada
  • Insônia
  • Náusea
  • Cefaleia
  • Diarreia
  • Vômito
  • Tontura
  • Elevações dos níveis de triglicérides séricos
  • Aumento da pressão arterial
  • Ganho de peso
  • Tontura
  • Sonolência

Reações incomuns: taquicardia, visão embaçada, prisão de ventre, má digestão, fraqueza, febre, aumento da quantidade de açúcar, falta de ar, sonhos anormais e pesadelos.

Reações raras: Bradicardia, disfagia, reações alérgicas, diminuição da contagem de plaquetas, convulsão, rinite urinária e inflamação no fígado.

Superdosagem do Queropax

A superdosagem do medicamento pode causar efeitos colaterais como sonolência, batimento rápido do coração e queda da pressão arterial.

O paciente deverá procurar uma emergência médica imediatamente após a superdosagem.

Queropax depressao

Precauções

O Queropax possui lactose, por isso, deve ser usado com cautela por pacientes com intolerância a lactose.

Não é necessário ajuste de dose em pacientes que possuem insuficiência renal.

Queropax deve ser usado com cautela em pacientes idosos, especialmente durante o período inicial do tratamento.

Caso você se esqueça de tomar o medicamento, deve tomá-lo assim que lembrar ou na próxima dose no horário habitual. Não tome uma dose dobrada.

O hemifumarato de quetiapina não está aprovado para o tratamento de pacientes idosos com psicose relacionada à demência.

A depressão bipolar e certos transtornos psiquiátricos são associados a aumento do risco de ideação suicida e comportamento suicida. Pacientes de todas as idades que são tratados com medicamentos para transtornos psiquiátricos devem ser monitorados e observados de perto.

Queropax da sono?

Queropax age como sedativo e durante o tratamento o paciente pode sentir sono e cansaço.

Interação do Queropax com outros remédios

O Queropax deve ser utilizado com cautela quando utilizado com outros fármacos de ação central e com álcool.

Queropax

Armazenamento

O medicamento deve ser armazenado em temperatura ambiente, protegido da luz e umidade. Guarde-o em sua embalagem original.

Na embalagem é possível encontrar a fabricação e validade do mesmo.

Queropax Preço

É necessário receita médica (Branca 2 vias) para a compra do antidepressivo. O medicamento pode ser encontrado nas farmácias pelo preço médio de R$ 51,32.

Queropax Genérico

Atip, Quetibux, Quet, Aebol e Quetiel são medicamentos genéricos que possuem a mesma eficácia do Queropax. O preço médio dos medicamentos similares é de R$ 37,23.