Scaflogin Bula – Para Que Serve? Como Tomar? É Bom Para a Garganta?

Scaflogin é um excelente medicamento pertencente à classe dos anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) que serve para combater a febre, inflamação e dores no corpo, cujo princípio ativo é a nimesulida.

Para saber mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele. Vamos lá?!

Para que serve o Scaflogin

Scaflogin é indicado para todas as doenças que necessitam de atividade antipirética, analgésica e anti-inflamatória, bem como no tratamento dos estados flogísticos, seja eles dolorosos ou não, com febre ou não, incluindo aqueles relacionados com o aparelho osteoarticular (osteoartrite).

É indicado também para entorses ou outros estados dolorosos inflamatórios pós traumáticos, bem como para inflamação e dor no pós-operatório odontológico e ortopédico.


Scaflogin também é indicado para os seguintes casos: reumatismo não articular, anexite ou dismenorreia primária e síndromes dolorosas as coluna vertebral.

Ainda serve como adjuvante em processos infecciosos que tenham dor e inflamação na garganta, nariz e ouvido, tais como otites e farinfoamigdalites.

Ajuda ainda no alívio de inflamação dor e edema decorrentes de  diversas situações e traumas.

inflamacao Scaflogin

Como funciona o Scaflogin

Esse medicamento possui propriedades que agem combatendo dor, febre e inflamação e as suas propriedades anti-inflamatórias engloba diversos mecanismos.

A nimesulida de Scaflogin age gerando a inibição de uma enzima chamada cicloxigenase, que tem relação com a produção da prostaglandina, que faz com que inflamação e dor diminuam.

Para o alívio da dor, o tempo estimado de ação de Scaflogin é de 15 minutos. Já par aa febre a resposta inicial acontece por volta de 1 ou 2 horas após a administração e pode durar aproximadamente 6 horas.

Como tomar o Scaflogin ( indicação )

Assim como todos os AINEs, a recomendação é que Scaflogin seja administrado em sua menor dose segura possível e pelo menor período possível, sendo aconselhada a administração logo depois da refeições.

Se os sintomas não melhorarem em 5 dias 5 dias o médico deve ser consultado.

Adultos e crianças com mais de 12 anos

Para esses pacientes a dose recomendada pela posologia é de 50 a 100 mg, por via oral, juntamente com meio copo de água por duas vezes ao dia.

Em casos excepcionais a dosagem pode chegar a 200 mg, duas vezes por dia, pelo mínimo de tempo possível, mas somente sob orientação médica.

Populações especiais

Pacientes com insuficiência renal: não é preciso fazer o ajuste das doses e nos casos mais graves o uso não é indicado.

Pacientes com insuficiência hepática: para esses casos a nimesulida é contraindicada.

A eficácia e segurança desse medicamento só é assegurada quando administrado por via oral. Sua utilização por vias não recomendadas está sob o risco de ausência dos resultados desejados e ocorrência de reações desagradáveis.

A dose máxima diária é de 4 comprimidos.

Sempre siga a orientação do médico quanto aos horários, doses e duração do tratamento. O tratamento não deve ser interrompido sem que haja conhecimento médico.

Scaflogin febre

Contraindicação do Scaflogin

Esse medicamento é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade (reação alérgica) a quaisquer componentes de sua fórmula, bem como ao diclofenaco.

A nimesulida ainda é contraindicada para pacientes com hipersensibilidade à mesma, ao ácido acetilsalicílico e outras substâncias anti-inflamatórios não-esteroides.

Também é contraindicado para pacientes com úlcera intestinal ou gástrica, bem como para pacientes nos quais o ácido acetilsalicílico provoque crises de asma, rinite aguda ou urticária.

Não é indicado para crianças com menos de 14 anos de idade, exceto em casos de artrite.

Efeitos colaterais

Reações adversas comuns: náuseas (enjoo), diarreia e vômito.

Reações adversas incomuns:  prurido, rash (vermelhidão na pele), sudorese,  constipação (intestino preso), flatulência, gastrite (inflamação do estômago), tontura e vertigens, pressão alta, edema (inchaço).

Reações adversas raras: eritema, dermatite, ansiedade, pesadelo, nervosismo, visão borrada, hemorragia, flutuação da pressão sanguínea, calores, disúria (dor para urinar), hematúria (sangramento na urina), retenção urinária, anemia, eosinofilia, hipersensibilidade, hipercalemia (aumento de potássio no sangue), mal-estar, astenia (fraqueza generalizada).

Reações adversas muito raras: urticária, edema angioneurótico, edema facial (inchaço no rosto), eritema multiforme, casos de síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica, dor abdominal (na barriga), dispepsia (indigestão), estomatite, melena, úlceras pépticas (lesão no estômago ou intestino),  perfuração ou hemorragia gastrintestinal que podem ser graves, cefaléia (dor de cabeça), sonolência, casos isolados de encefalopatia (outros distúrbios visuais (da visão), falência renal, oligúria, casos isolados de púrpura, pancitopenia, trombocitopenia, anafilaxia.

Vale lembrar que essas reações não acontecem com todos os pacientes que utilizam este medicamento.

Precauções

Os fármacos anti-inflamatórios não-esteroidais podem mascarar sintomas de infecção bacteriana, como febre.

Não é recomendado o uso do medicamento concomitante de outros AINEs. O uso de Scaflogin em associação com analgésicos deve ser feito sob orientação médica.

É desaconselhado o uso desse medicamento com outras substâncias que possuam potencial de causar danos ao fígado, bem como com o uso abusivo de álcool, visto que aumenta o risco da ocorrência de reações hepáticas.

Populações especiais

Pacientes com problemas no fígado (hepático): em casos raros, o uso de Scaflogin tem sido associado com reações hepáticas graves, inclusive fatais bastante raros.

Se durante o tratamento o paciente apresentar sintomas referentes à problemas hepáticos (tais como enjoos, náusea, vômitos, dor abdominal (dor de barriga), cansaço, icterícia ou urina escura) é preciso que haja um monitoramento médico bastante cuidadoso.

Scaflogin bula

Gravidez e lactação

Não existem dados sobre o uso de Scaflogin por mulheres grávidas. Assim, seu risco potencial para gestantes é desconhecido e sua prescrição deve ser avaliada considerando os benefícios para a mãe e os risco para o feto.

Esse medicamento não é recomendado para mulheres que estão tentando engravidar.

Não se sabe se a nimesulida é excretada pelo leite materno, por isso seu uso não é indicado para lactantes.

Caso a função hepática apresente anormalidades, é recomendado a descontinuação do tratamento. Nesse caso o tratamento não deve ser reiniciado.

Uso em idosos

Visto que são particularmente sensíveis às reações indesejáveis dos AINEs, em idosos pode ocorrer: sangramento (hemorragia) e perfuração gastrintestinal, bem como alterações das funções do coração, rins e fígado.

Não existem comparativos a respeito da ação da nimesulida no organismo de jovens e idosos.

Não é recomendado o uso prolongado dessa substância em pacientes idosos e, caso seja necessário, é preciso monitoramento médico.

Composição do Scaflogin

Cada comprimido de Scaflogin contém:

Nimesulida ………. 100 mg

Excipiente q.s.p. ……… 1 comprimido (lactose monoidratada, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio, ácido cítrico, estearato de magnésio, povidona, álcool etílico).

Superdosagem de Scaflogin

Scaflogin posologia

Quando utilizada uma quantidade maior do que a indicada de anti-inflamatórios não esteroidais os sintomas costumam ser:-Sono profundo (letargia)

  • Dor de estômago
  • Sonolência
  • Enjoos
  • Vômitos

Esses sintomas normalmente são reversíveis.

Além disso ainda pode ocorrer sangramento gastrintestinal e raramente ocorre mau funcionamento dos rins, pressão alta, redução da respiração e até coma.

No caso de uso em excesso ou ingestão acidental desse medicamento é preciso procurar o médico ou o pronto-socorro e informar a quantidade de medicamento que foi ingerida.

Caso haja a ingestão de uma grande quantidade de Scaflogin, é preciso procurar o socorro médico imediatamente, levando consigo a bula ou a embalagem do produto se for possível. No caso de uma intoxicação ou para mais orientações ligue para 0800 722 6001.

Interação do Scaflogin com outros medicamentos

A nimesulida é uma substância que não deve ser utilizada concomitantemente com outros fármacos que causem danos ao fígado.

Os pacientes que apresentam anormalidades hepáticas devem ter cuidado. Principalmente se houver a intenção de administrar a nimesulida concomitantemente com outros fármacos que possam causa alteração no fígado.

Durante o uso de Scaflogin também é preciso evitar o uso de outros AINEs, visto que existe o risco de soma, tanto dos seus efeitos quanto das reações indesejáveis.

No entanto, existem algumas interações de maior gravidade, que são:

  • Metotrexato: quando combinado com a nimesulida pode haver o aumento dos níveis séricos do metotrexaro, aumentando o risco de leucopenia, toxicidade, trombocitopenia, nefrotoxicidade, anemia e ulceração (feridas) de mucosas.
  • Pemetrexede: pode haver o risco de toxicidade por esse fármaco com problemas de mau funcionamento da medula óssea, toxicidade gastrintestinal e nefrotoxicidade.
  • Apixabana, ardeparina, lítio, acebutalol, certoparina, citalopram, clopidogrel, clovoxamina, dalteparina, danaparoide, desirudina, duloxetina, acetohexamida, enoxaparina, eptifabatida, escitalopram, femoxetina, flesinoxan, fluoxetina, ginko biloba, heparina, levomilnacipram, milnacipram, nadroprarina, nefazodona, parnaparina, paroxetina, pentosano polissulfato de sódio, pentoxifilina, prasugrel, proteína C, reviparina, rivaroxabana, ticlopidina, tinzaparina, venlafaxina, vilazodona, vortioxetina, zimeldina:  aumento do risco de sangramento.
  • Abciximab, argatrobana, bivalirrudina, cilostazol, dipiridamol, fondaparinux, lepirudina, tirofiban: aumento risco de sangramento gastrintestinal.
  • Ciclosporina: risco de nefrotoxicidade
  • Beta glucanas: risco de lesões
  • Gossipol, extrato de feverfew, pralatrexato, tracolimus.

Além disso não é recomendado o uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento.

Sempre informe ao médico caso esteja fazendo uso de algum medicamento.

Armazenamento

nimesulida genérico Scaflogin

Esse medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15º e 30ºC ao abrigo de luz e umidade.

O número do lote, prazo de validade e data de fabricação podem ser encontrados na embalagem.

Guarde o produto em sua embalagem original.

Os comprimidos Scaflogin são circulares, sulcados, bicovexos, homogêneos e de cor amarela. Antes de usar observe o aspecto físico do medicamento. Caso esteja na validade e apresente mudanças no aspecto, procure um farmacêutico para saber se pode ser usado.

Todo medicamento deve ficar fora do alcance de crianças.

Scaflogin preço

Os valores desse medicamento podem variar. Na internet, a embalagem com 12 comprimidos de 100 mg pode ser encontrada por, em média, R$ 12 reais.

Scaflogin Genérico

Para encontrar o genérico de Scaflogin basta solicitar ao farmacêutico pelo nome do seu princípio ativo, que é a nimesulida.

Pergunta dos leitores

Scaflogin tem que tomar de quantas em quantas horas?

A posologia pode variar de acordo com cada paciente e sua situação. No entanto, a recomendação usual é de administração a cada 12 horas.

Scaflogin para dor de garganta?

Sim, serve para o tratamento de irritações e dores de garganta.

Scaflogin serve para dor de dente?

Caso a dor de dente seja decorrente de um processo inflamatório, a nimesulida pode ser utilizada.

 

Pronto, agora você já sabe mais sobre Scaflogin, para que serve e como usar.